Sábado, 14 de Abril de 2007

“O Vagabundo na esplanada”

 

Escola Secundária da Póvoa de Lanhoso

Ficha de Leitura N.º ____(Contrato de Leitura)

Português 10.º Ano                                                   2006-2007

 

Aluno: Simão Pedro Rodrigues Antunes                                    N.º 24

 

 

1. IDENTIFICAÇÃO DO LIVRO

 

a.                   Título da obra: “O Vagabundo na esplanada”

b.                   Editora: Lisboa Editora              Nº da edição: _______

c.                   Local: Lisboa, Portugal               Data (1.ª publicação):

 

2. IDENTIFICAÇÃO DO AUTOR:

 

d.      Nome / Pseudónimo: Manuel Dias da Fonseca

e.       Dados biográficos:

Nascimento (Local e data): Nasceu em Santiago do Cacém, em 1911

Profissão: Escritor

Morte (Local e data): Morreu em 1993, em

Episódios marcantes da sua vida: Quando se dedicou ao jornalismo;

Em 1925 publicou num semanário de província os seus primeiros versos e narrativas.

Obras publicadas pelo autor: O Fogo e as Cinzas" (1951), "Um Anjo no Trapézio" (1968), "Tempo de Solidão" (1973), "Crónicas Algarvias" (1986), "Seara de Vento" (1958)…

 

 

                            

 

3. Análise da obra

 

·         Tipo de texto: Conto

·         Género literário: Narrativo

·        Tema estruturante:

·        Sumário da obra (+- 100 palavras): O vagabundo era uma pessoa de 50 anos, atarracado, magro e velho. Andava com calças rotas, chapéu, uma camisola interior e, por fora, um grande casaco. Ele costumava caminhar pela cidade. As outras pessoas por quem passava desprezavam-no, desviavam-se dele e até o criticavam por ele andar assim vestido. Enquanto passeava viu uma esplanada que lhe chamou a atenção. Então, foi sentar-se numa mesa livre. Após isto, as pessoas começaram a murmurar dizendo que o vagabundo não devia estar ali, pois sentiam-se incomodadas com a sua presença. Depois o empregado foi atendê-lo e, quando o olhou para o seu rosto, disse que a mesa estava reservada, apenas para o expulsar dali. O vagabundo apercebeu-se da situação, ignorou tudo, e disse ao empregado para lhe trazer uma cerveja fresca.

 

 

 

 

·        Tipo de linguagem:

 

a.       Registo de línguas: Registo de Língua Corrente

 

b.       Recursos expressivos:

 

    - Ironia: “E diga a gerência que os deixe ficar”

    - Adjectivação expressiva: “Cerca de cinquenta anos, atarracado, tudo nele era limpo…”

    - Comparação: “Franzidos, empertigaram-se, circunvando os olhos, como se gritassem…”

 

 C.denotação/conotação:__________________________________________________

 

 

·         Personagem(ns) preferida(s): “Vagabundo”

 

 

Aspectos marcantes: “ O vagabundo é desprezado pelas outras pessoas”

                     “ As pessoas sentem-se encomodadas com a presença dele”

                                  “ O Vagabundo não se deixa levar pela conversa dos outros”

 

Outras personagens em destaque: “Empregado”

 

 

·         Elementos paratextuais relevantes: Título

 

 

 4. APRECIAÇÃO CRÍTICA DA OBRA:

 

 

Algumas palavras novas encontradas: Transeutes; unânime; malindre; hediondo; soalheiras; alheado; incrédulos.

 

Frases marcantes: “Pois não há um empregado que venha expulsar daqui este tipo”;

                     “Não podem vir aqui certas pessoas”;

                     “Devia ser proibidos que indivíduos destes andassem pela cidade”

 

Três boas razões para ler este conto:

 

1) É divertido

2) Mostra a realidade

3) De fácil leitura

 

·             Aspectos mais positivos: “O Vagabundo não se deixa intimidar pelo desprezo das outras pessoas para com ele”; “Ele não liga ao que os outros dizem e pensam.”

 

·             Aspectos mais negativos: “O desprezo das outras pessoas com o Vagabundo”; “O empregado tenta expulsar o Vagabundo da esplanada”; “As pessoas criticam o Vagabundo pela seu vestir.”

 

 

publicado por simao às 09:50
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Gisele Alves a 2 de Maio de 2008 às 01:37
Oi, preciso urgente da análise da obra Seara de Vento, de Manuel da Fonseca, e principalmente da estrutura da narrativa e quem é o narrador!!
Me ajude, por favor meu email é gisao_23@hotmail.com e meu nome é Gisele.
De ARNETE a 16 de Maio de 2008 às 16:55
Oi queridos gostaria que me respondessem com a máxima urgência sobre o levantamento de categorias da narrativa,no"seara de vento " da obra manuel da fonseca (Acção(geografico e social)Tempo(cronologicodatas a respectivos acontecimentos)discurso(analepse e prolepse, psicologicopersonágens(principais ou protagonistas,secundárias,figurantes,Narrador quanto á presença-autodiegético,homodiegético.heterodiegético
ponto de vista (ciencia)-ominisciente/não ominisciente.por favor é urgente me respondam amigos bjos..
De luis pinto a 6 de Junho de 2016 às 20:39
oi, gostava que me mandassem com urgência uma espécie de continuação do texto do Vagabundo. Por favor com urgência
obrigado
Mail: luispedro-.-@hotmail.com

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Crónica: Tabaco

. Glossário

. Relatório da Visita de Es...

. Universidade do Minho

. “O Vagabundo na esplanada...

. O Inquilino

. " História de uma Gaivota...

. A Era Planetária

. A carta Formal

. Bocage

.arquivos

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds